Bortezomibe é um medicamento indicado para o tratamento de pacientes com mieloma múltiplo que receberam tratamento prévio sem melhora, ou que estão impossibilitados de receberem tratamento com alta dose de quimioterapia e transplante de medula óssea.

O medicamento apresenta-se sob a forma farmacêutica de pó liofilizado para solução injetável, sendo seu uso intravenoso ou subcutâneo. Deve ser administrado sob a supervisão de um médico com experiência no tratamento de câncer.

Além disso, o uso do Bortezomibe acarreta efeitos adversos como: neuropatia periférica, hipotensão, alterações cardíacas, distúrbios pulmonares, insuficiência hepática, náusea, diarreia, constipação intestinal e vômitos.

O hemograma completo deve ser realizado frequentemente, uma vez que que os pacientes em uso do medicamento são acometidos por trombocitopenia e neutropenia celular.

Bortezomibe | Contraindicações

É contraindicado aos pacientes com hipersensibilidade ao Bortezomibe, boro e manitol. Não deve ser administrado por via intratecal, pois foram relatados casos fatais nestes episódios.

Mulheres em idade fértil devem evitar a gravidez durante tratamento por risco potencial ao feto. Lactentes em uso do medicamento não devem amamentar. Não há evidências sobre o efeito do medicamento na fertilidade humana.

Pacientes em tratamento com antidiabéticos orais e que recebem Botezomibe podem necessitar de monitoramento da glicemia e ajuste da dose da medicação antidiabética.

Por precaução, os pacientes em tratamento devem ser orientados a não dirigir, se apresentarem sintomas de fadiga, tontura, síncope, hipotensão ortostática/postural, diplopia ou visão turva.

Bortezomibe | Administração e Armazenamento

Após reconstituição, a solução resultante deve ser clara e incolor. O medicamento reconstituído pode ser administrado em até 8 horas após o preparo se estiver a uma temperatura inferior a 25oC.

A solução reconstituída pode ser armazenada por até 8 horas no frasco original, podendo permanecer em uma seringa por até 3 horas nesta mesma temperatura.Em condições normais, o Bortezomibe deve ser conservado em temperatura ambiente (15°C e 30°C).

Além disso, o Bortezomibe deve ser administrado por via subcutânea e intravenosa, deve-se atentar para os diferentes volumes de solução de cloreto de sódio 0,9% que são utilizados para reconstituir o medicamento. Assim, cada via de administração tem diferentes concentrações da solução reconstituída, portanto deve-se ter cuidado ao calcular o volume a ser administrado ao paciente.

Atenção! As informações contidas neste texto possuem caráter informativo apenas. Portanto, não devem ser usadas para incentivar a automedicação ou substituir as orientações médicas. Como sabido, o médico é o único profissional qualificado para prescrever o tratamento adequado. Portanto, consulte o seu médico!

Você quer saber maiores informações sobre o Bortezomibe e como comprá-lo?

Entre em contato conosco para saber mais sobre o Bortezomibe e os trâmites para adquiri-lo:

0800 606 1410
31 2555-1410

Envie uma mensagem.

Salientamos que é imprescindível a avaliação e a prescrição do seu médico para aquisição do Bortezomibe®.

Related Post

Bortezomibe | Reforço para o tratamento do Mieloma Múltiplo