Como já mencionamos aqui no blog, o Ketosteril é um medicamento especial voltado para o tratamento de pacientes portadores da Doença Renal Crônica, uma disfunção que atinge uma em cada dez adultos e aproximadamente dois milhões de pessoas no Brasil, e que causa perda das funções dos rins.

Sem o bom funcionamento deste órgão, todo o organismo fica comprometido, já que a disfunção ataca a manutenção de líquidos e sais do corpo, a produção de hormônios e o controle da pressão arterial. Neste texto, você vai descobrir detalhes sobre a Doença Renal Crônica, como ela aparece, quais são os sintomas, o que causa no corpo e como o medicamento Ketosteril pode ser usado no tratamento.

 

Ketosteril: caracterização da Doença Renal Crônica

Os rins são órgãos extremamente importantes para o nosso corpo. Isso porque eles têm a função de filtrar as impurezas e as toxinas que não são mais úteis para o funcionamento do organismo. Além disso, também mantém os líquidos e os sais do corpo em níveis adequados, produz alguns hormônios e ajuda a controlar a pressão arterial. Por isso, doenças renais, como a DRC, são tão graves assim.

Como já dito, a Doença Renal Crônica é um problema de saúde que faz com que os rins percam suas funções irreversivelmente. Ela é assim definida através do diagnóstico de pelo menos três meses da doença com ou sem redução da função de filtração, e possui cinco estágios, sendo de 0 (risco de doença renal) a 5 (falência do órgão).

A maioria das pessoas que possui a doença não sabe que tem, já que ela não costuma ter sintomas expressivos. Porém, é importante consultar o médico porque, quanto mais rápido o tratamento, melhor, para que a doença não desenvolva para um estágio mais avançado que precise de medicação mais forte, como hemodiálise.

 

Ketosteril: causas da Doença Renal Crônica

São várias as causas da Doença Renal Crônica e, por isso, é muito importante a consulta ao médico caso o paciente possua um ou vários dos sintomas abaixo.

As causas principais da Doença Renal Crônica são diabetes (dos tipos 1 e 2), doença do rim policístico, doenças congênitas que afetam os rins, doenças autoimunes, inflamação dos glomérulos (parte dos rins onde se dá a filtragem do sangue), hipertensão arterial, infecção renal, lesões renais, nefrite intersticial, nefropatia de refluxo, obstrução do trato urinário, problemas nas artérias dos rins, refluxo vesicoureteal e o uso excessivo de medicamentos e substâncias tóxicas.

Há ainda os fatores de risco, que aumentam as chances de se desenvolver a Doença Renal Crônica. São eles: colesterol alto, diabetes, doenças cardíacas, fumo, hipertensão, obesidade, ter mais de 65 anos ou ter histórico familiar de doença renal.

 

Ketosteril: sinais e sintomas da Doença Renal Crônica

A Doença Renal Crônica é uma doença que piora seus sintomas com o tempo, principalmente se não tratada em estágios menores. Nos primeiros estágios, por exemplo, é bem provável que o paciente não sinta nada. Porém, à medida que os rins vão perdendo sua capacidade de trabalhar, o que pode demorar meses, os sintomas vão aparecendo, fazendo com que o paciente perceba a doença apenas em fases avançadas.

A DRC provoca o acúmulo de líquidos e resíduos no corpo, justamente pelo fato de os rins não serem mais capazes de fazer a filtragem da forma adequada. Isso afeta a maioria dos sistemas do organismo, inclusive a produção de glóbulos vermelhos, o controle da pressão, a quantidade de vitamina D e a saúde dos ossos.

Os primeiros sintomas da DRC também aparecem em várias outras doenças, como o mal estar e fadiga, prurido e pele seca, dores de cabeça, perda de peso e de apetite e náuseas. Conforme a enfermidade vai avançando, vão aparecendo complicações como coloração da pele, dor nos ossos, dificuldade de concentração, sonolência, dormência, cãibras, mau hálito, sede excessiva, hematomas, hemorragias, sangue nas fezes, soluços frequentes, amenorreia (interrupção do período menstrual), distúrbios do sono, inchaço de mãos e pernas e vômitos.

 

Ketosteril: diagnóstico da Doença Renal Crônica

O diagnóstico da Doença Renal Crônica só pode ser feito através da consulta médica. Por isso, se você apresentar qualquer sintoma desta enfermidade, procure um nefrologista, médico especializado em rins, e explique tudo que está sentindo. Dessa forma, o profissional fará um monitoramento da pressão arterial e exames de sangue e urina, que devem ser feitos regularmente.

O exame de urina é capaz de apresentar as alterações de proteínas ou outras substâncias. Já o exame de sangue verifica os níveis de sais minerais, como potássio, sódio, fósforo, cálcio e magnésio. Além disso, são feitas também tomografia, ressonância e ultrassom, além da retirada de um pedaço do tecido que reveste os rins para análise em laboratório.

 

O uso do Ketosteril no tratamento da Doença Renal Crônica

Após o diagnóstico da doença, o médico passa ao paciente alguns medicamentos de tratamento da DRC. Um dos mais importantes é o Ketosteril, comprimido indicado para o tratamento dos danos causados pelo metabolismo devagar devido aos problemas gerados pela Doença Renal Crônica.

O Ketosteril deve ser tomado de acordo com ordens médicas durante todas as refeições, para que possa absorver da melhor forma possível todos os aminoácidos dos alimentos.

 

Concluindo, o Ketosteril é um medicamento muito importante para o tratamento da Doença Renal Crônica, já que trata os danos causados pela doença. Você pode encontrá-lo na Hera Medicamentos, distribuidora especializada em remédios de várias áreas. Caso esteja com dúvidas, acesse o nosso site e entre em contato!

Related Post

O Ketosteril e a Doença Renal Crônica